Prefeito se preocupa com a segurança e toma providências com relação a construção da barragem de rejeitos da Bamin

Quarta, 30 de Janeiro de 2019

O Prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, tornou público nesta quarta-feira (30), o seu posicionamento com relação a construção da barragem de rejeitos de minério de ferro da Bamin, cujo projeto já conta com licenças ambientais expedidas. Segundo o gestor, diante das tragédias que ocorreram em Minas Gerais, ficou claro que as tecnologias atuais não dispõem de segurança necessária.

 

“Embora a construção da barragem não esteja no território de Guanambi, nós seremos a cidade mais prejudicada em um possível colapso na estrutura da barragem da Bamin, a nossa cidade está no curso natural dos rejeitos, colocando em risco iminente milhares de vidas, em um possível sinistro, varreria a barragem de Ceraíma, que tem mais de 50 milhões de metros cúbicos, o que potencializa ainda mais a gravidade, além de todo o seu vale e Núcleo de Ceraíma e ainda dezenas de bairros da parte baixa da cidade, sem dizer que estamos a pouco mais de 100 quilômetros do Rio São Francisco”, enfatizou o gestor.

 

Jairo ainda salientou que irá se reunir nos próximos dias com a direção da empresa responsável pela construção da barragem de rejeitos, para atualizar das últimas informações.  “Diante das tragédias acontecidas, iremos pedir a revisão dos protocolos de avaliação dos riscos nas barragens que cercam a nossa cidade, além da revisão das licenças ambientais que foram concedidas para a construção da barragem da Bamin”, disse.  

 

O Prefeito ainda salientou da importância do apoio da população para estas ações e frisou que não está contra o desenvolvimento, nem a geração de emprego e renda, mas tem a obrigação como gestor público de garantir a segurança necessária para a  população.


Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Guanambi


Últimas Notícias