1321 1021 1507 1738 1768 1008 1850 1089 1882 1293 1862 1548 1297 1052 1020 1028 1573 1716 1067 1905 1507 1893 1887 1602 1900 1556 1362 1452 1138 1556 1346 1353 1261 1082 1528 1584 1191 1257 1202 1809 1730 1048 1210 1952 1032 1520 1675 1814 1198 1127 1725 1277 1290 1805 1684 1688 1766 1245 1036 1936 1171 1812 1408 1671 1216 1513 1618 1507 1538 1393 1530 1873 1223 1603 1043 1307 1208 1236 1088 1820 1285 1337 1756 1985 1172 1460 1711 1481 1229 1168 1265 1463 1097 1681 1509 1070 1461 1618 1938 Secretaria de Saúde de Guanambi orienta população a colaborar com os Agentes de Combate às Endemias no combate ao Aedes Aegypti - Notícias - Prefeitura Municipal de Guanambi - Site Oficial
Manual de navegação logo

Manual de navegação

Acessibilidade logo

Acessibilidade

Fale conoscobat-papo

Fale conosco

  • *Campos obrigatórios
  • Ao iniciar um contato, você concorda com a Política de privacidade

  • ...Ou se preferir

  • Ligue para nós

    Fixo: (77) 3452-4306

  • E-mail

    assessoriapmg@hotmail.com

  • Ou seja atendido presencialmente

    Segunda à sexta-feira, das 08:00 às 12:00/ 14:00 às 18:00

    Praça Henrique Pereira Donato, 90 Centro

  • Outros meios de contato

Em conformidade com:

Secretaria da Saúde
Secretaria de Saúde de Guanambi orienta população a colaborar com os Agentes de Combate às Endemias no combate ao Aedes Aegypti
08/02/2024
Após o período chuvoso, toda a equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Guanambi, focou na intensificação o trabalho preventivo e de combate aos focos do Aedes Aegypti, mosquito causador da Dengue, Zika vírus e febre Chikungunya.
 
 
🤝 - Colaborar com o trabalho dos ACE´s
 
 
O secretário de Saúde Edmilson Júnior salientou da importância da população receber bem e colaborar com o trabalho dos Agentes de Combate às Endemias (ACE), que previnem o surgimento dos focos domésticos de lavas, que podem proliferar o mosquito, como também, o combate ao mesmo. 
 
 
⚠️ - 75% dos focos estão dentro das residências
 
 
Ainda segundo o secretário, o apoio da população é fundamental, pois segundo dados do Ministério da Saúde, 75% dos focos estão dentro das residências. “Os nossos ACE´s, estão devidamente fardados e identificados, recebam bem e colabore com o serviço” frisou. 
 
 
🦟 - Trabalho de combate e prevenção sendo feito
 
 
Ao todo, são 56 Agentes de Combates às Endemias, trabalhando na sede e distritos, realizando visitas domiciliares para o tratamento focal e eliminação de criadouros domésticos do mosquito, a cada 60 dias, seis vezes ao ano. “Além disso, é feito a borrifação, para bloqueio, em áreas de casos notificados. Nas lagoas, tabuas e canais de drenagem, a equipe de zoonoses aplica produtos químicos para eliminar focos do mosquito, realizamos também, a coleta de pneus nas borracharias da cidade, para a correta destinação”, destacou Eugênia Cotrim, diretora do Departamento Municipal de Vigilância Epidemiológica.


Autor: Assessoria de Comunicação

O que você achou da nossa página ?

  • Muito insatisfeito
  • Insatisfeito
  • Regular
  • Satisfeito
  • Muito satisfeito