Prefeito de Guanambi se reúne com representantes dos professores, reajusta salários e atende exigências da categoria - Notícias - Prefeitura de Guanambi - Site Oficial

Prefeito de Guanambi se reúne com representantes dos professores, reajusta salários e atende exigências da categoria

Terça, 31 de Julho de 2018

Sonora com o prefeito Jairo Magalhães sobre a proposta feita a categoria

O prefeito Jairo Magalhães, ao lado Secretária de Educação, professora Maristela Cavalcante atendeu a todas as exigências propostas em documento formalizado pelo sindicato dos servidores públicos municipais de Guanambi e região - (Sispumur), em reunião realizada na sede da Secretaria Municipal de Educação, na manhã desta terça-feira (31). A proposta, conforme consta abaixo foi formalizada após assembléia com a categoria, que ocorreu na tarde de ontem, segunda-feira (30), na sede da entidade, onde a categoria rejeitou a proposta de 2% em forma de abono salarial, feita pela Prefeitura de Guanambi. Os professores se encontram em greve desde a semana passada, e a gestão vem dialogando diariamente buscando o entendimento com a categoria.

 

Na reunião desta terça, o prefeito garantiu o reajuste de 6,81% a todos os educadores que ainda não estão sendo contemplados com o piso nacional, e ainda o reajuste de 2%, já no salário do mês de agosto a todos os educadores que já ganham acima do piso. O prefeito ainda aceitou a proposta de reajuste de 4,81% (o que se somaria aos 2%, perfazendo 6,81%) a partir dos resultados positivos do Plano de Aposentadoria Voluntária (PAV), garantindo também o retroativo de 2% a data-base da categoria que é o mês de janeiro, também a partir dos resultados do PAV.

 

“Assim, a categoria de professores ratifica que para o pagamento inicial do percentual de 2% a partir de agosto/2018, assim como o restante (4,81%) a partir dos resultados do Plano de Aposentadoria Voluntária (PAV), o qual foi sugerido justamente para criar condições financeiras para materializar os direitos da classe, deve haver observância ao que já está consagrado em Lei Nacional (11.738/2008), retroagi-los à data-base da categoria (mês de janeiro)”, diz o documento enviado pelo sindicato, e assinado pela sua presidente, professora Elísia de Lima Costa Ramos, e dado o recebido pelo prefeito e secretária de educação.  

 

Os representantes do sindicato se reunirão com a categoria, em data a ser marcada, onde levarão a proposta do executivo.

 

“Essa foi a proposta possível, tivemos um diálogo muito salutar com o sindicato e estamos fazendo um grande esforço para garantir o reajuste imediato aos educadores, onde teremos que cortar investimentos perto de meio milhão, em outros setores, para garantir o pagamento em dia de todos os professores, onde faço um pedido de sensibilidade, diante deste momento difícil que atravessa o país, de grave crise financeira, para que voltem às aulas e continuem desempenhando o valoroso sacerdócio de ser professor”, disse o prefeito Jairo Magalhães.  

 

*Atualizado: 31/07 - 17h8min


Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Guanambi


Últimas Notícias