Cartório Eleitoral de Guanambi retoma o recadastramento biométrico e emissão do 1º título de eleitor

Sexta, 02 de Março de 2018

Gabinete

Os eleitores das cidades de Guanambi e Candiba, pertencentes a 64ª Zona Eleitoral que perderam o prazo, poderão realizar o recadastramento biométrico e  normalizar a sua situação perante a Justiça Eleitoral a partir da próxima segunda-feira (5/03). Além do recadastramento biométrico, serão oferecidos os serviços de alistamento eleitoral (emissão do 1º título), alteração de dados, regularização de título cancelado e transferência de domicílio eleitoral.

 

Em Guanambi, 91% da população já realizou a revisão biométrica, faltando ainda 6.400 eleitores comparecerem para normalizar o seu cadastro eleitoral. Os cidadãos agora terão mais de dois meses de prazo, até o dia 9 de maio, devendo comparecer no Fórum Eleitoral, localizado na Avenida Messias Pereira Donato, S/N, no Bairro Aeroporto Velho, com atendimento realizado de segunda a sexta, das 7h às 17h.

 

Os eleitores também poderão realizar o recadastramento biométrico na unidade do posto fixo do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), localizado também na Av. Messias Pereira Donato, aos fundos da Policlínica Regional de Saúde, onde existe um posto da Justiça Eleitoral, que funciona das 7h às 13h, este atendimento é realizado apenas por agendamento no site do SAC (www.sac.ba.gov.br). Demais informações podem ser obtidas por meio do número (77) 3451-3986.

 

Parceria entre o TRE e Prefeitura de Guanambi

 

A Prefeitura de Guanambi  firmou em dezembro do ano passado acordo de cooperação técnica com o TRE, onde diversas ações foram e ainda estão sendo desenvolvidas, com a finalidade de cumprir as determinações da Justiça Eleitoral, quanto a revisão biométrica.

 

Ausência da revisão biométrica

 

Quem não atender à convocação, terá o título de eleitor cancelado. Com isso, o eleitor terá restrições no CPF – o que pode acarretar em dificuldades para realizar cadastro em benefícios federais (Bolsa Família) –, não poderá emitir passaporte, receber aposentadoria ou pensão paga pelo governo federal, fazer matrícula em instituição de ensino superior, tomar posse em cargo público, além de outros impedimentos. 


Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Guanambi


Últimas Notícias